Festa Tochas Floridas - Procissão da Aleluia

ver mais vídeos

Câmara Municipal de São Brás de Alportel exige pronta resolução dos problemas da Unidade de Valorização Orgânica da ALGAR

PUBLICADO EM:09 de maio

A população do sítio da Mesquita tem manifestado algum desagrado face a odores que se fazem sentir nas imediações da Unidade de Valorização Orgânica de Resíduos da ALGAR- Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, S.A., empresa responsável pela recolha e tratamento dos resíduos no Algarve. Atento a estas preocupações, o Presidente da Câmara Municipal, Vítor Guerreiro, já efetuou todas as diligências ao seu alcance para tentar resolver a situação.

O autarca realizou já diversas reuniões com a Administração da ALGAR, e apelou a uma urgente resposta por parte da empresa para que sejam realizadas todas as intervenções necessárias à resolução deste problema.

Vitor Guerreiro solicitou também o envolvimento do Ministro do Ambiente, Eng.º João Fernandes, na resolução deste problema, em ofício enviado no dia 26 de abril; bem como dos deputados eleitos pelo Algarve, pelos diferentes partidos políticos e da AMAL- Comunidade Intermunicipal do Algarve, apelando ao empenho de todos os agentes na rápida resolução desta questão ambiental.

Atendendo à persistência  da situação, o edil são-brasense exigiu nova reunião de emergência, realizada ontem, dia 8 de maio, com a administração da Algar. O Presidente do Conselho de Administração, Eng.º Miguel Lisboa  reconheceu o problema, mostrou-se compreensivo com a preocupação da população e garantiu que será efetuada uma urgente avaliação técnica da situação e que o tratamento dos resíduos orgânicos será faseadamente reduzido até à sua suspensão temporária, caso se considere necessário. Neste período serão identificadas as soluções definitivas a implementar. Em simultâneo, a empresa garantiu pôr em marcha, desde já, um conjunto de medidas para minorar a situação.

Nesta reunião, Vitor Guerreiro reiterou a sua posição, reafirmando que se manterá atento ao evoluir da situação, exigindo que a unidade suspenda o tratamento dos resíduos orgânicos se o problema persistir e até que sejam encontradas soluções definitas para o resolver. Dando voz aos apelos da população, o autarca manifestou estar pronto para utilizar todos os meios que estiverem ao seu alcance, para defender os interesses da população e do município de São Brás de Alportel.

Planos Municipais de Ordenamento do Território Mapas e Plantas de LocalizaçãoRegulamentos MunicipaisConsultas OnlineDiscussão PúblicaFarmácias de Serviço